6 de janeiro de 2015

Segredos dos Pink Floyd

1. “Shine On You Crazy Diamond” é um tributo a Syd Barrett: o título é um acróstico do nome do fundador da banda. 

Hulton Archive / Getty Images

2. “See Emily Play” pode ter sido baseada numa halucinação. Syd Barrett diz que acordou num bosque com uma rapariga numa manhã após um concerto, mas não há certezas que ela seja real.

3. Não consegue identificar imediatamente quem canta “Have A Cigar”? É Roy Harper – um cantor de folk Inglês – a quem a banda pediu para "fazer o papel" de um executivo de um estúdio discográfico.

John Minihan / Hulton Archive / Getty Images

4. O coro no final de “Fearless” é “You’ll Never Walk Alone” do musical "Carousel". É cantado pelos adeptos do Liverpool. Este clássico de Rogers & Hammerstein é o hino desta equipa inglesa.

5. O homem em chamas da capa do álbum "Wish You Were Here" simboliza várias coisas: o esgotamento nervoso de Syd Barrett; as discussões entre os membros sobre o dinheiro dos direiros de autor que eles tinham a receber e as suas desilusões com a indústria musical.

6. As vozes que se ouvem ao longo do álbum "Dark Side of the Moon" foram gravadas por pessoas que se encontravam nos estúdios Abbey Road. Roger Waters escreveu algumas perguntas filosóficas em pequenos cartões e fez ele mesmo as entrevistas. Entre os participantes, estavam Paul McCartney e a sua mulher Linda, mas as suas respostas não chegaram a entrar no álbum.

7. Os relógios e alarmes no início da faixa “Time” form todos gravados em separado em lojas de antiguidades pelo produtor Alan Parsons. 

8. A gargalhada do "lunático" que está presente em todo o álbum "Dark Side of the Moon" é Peter Watts, o tour manager da banda naqueles tempos. 

9. A última fala em "Dark Side of the Moon" é a de Gerry Driscoll – o porteiro dos estúdios Abbey Road. A frase completa que nunca se houve é "There is no dark side in the moon, really. Matter of fact, it's all dark. The only thing that makes it look light is the sun."

10. O verso “My hands felt just like two balloons” de “Comfortably Numb” é uma referência a uma halucinação que Roger Waters teve de uma febre muito alta que ele teve enquanto criança. 

11. No filme de Alan Parker, há uma cena em que o protagonista Pink rapa as sobrancelhas e todo o cabelo – o que realmente aconteceu Syd Barrett da última vez que ele visitou os membros da banda enquanto eles gravavam o álbum "Wish You Were Here".

12. O álbum "Animals" foi inspirado na obra de George Orwell, Animal Farm. No álbum, os porcos são déspotas tiranos, os cães são agressivos e as ovelhas não têm vontade própria e nunca questionam nada na vida. Ao contrário da novela alegórica de Orwell, as ovelhas de "Animals" rebelam-se contra os cães e derrubam os porcos.  

13. Roger Waters, Nick Mason, e Richard Wright conheceram-se enquanto estudavam arquitectura no London Street Polytechnic em 1963.
Roger Waters, Nick Mason, and Richard Wright all initially met as architecture students at London Polytechnic in 1963.
Rex USA / Marc Sharratt
14. Roger Waters era amigo de Syd Barrett desde que os dois eram garotos. Quando Barrett se mudou para Londres para estudar Artes, os dois reencontraram-se. 

15. Syd Barrett due o nome à banda juntando os nomes de dois cantores de Blues – Pink Anderson e Floyd Council.

16. A banda assinou o seu primeiro contrato com a EMI e 1967 – apenas um mês depois de gravarem o seu primeiro single, “Arnold Layne”.


facebook.com / Via pinkfloyd

17. O sue primeiro álbum, "Piper at the Gates of Dawn", foi gravado now estúdios Abbey Road em 1967. Ao sue lado, os Beatles gravavam o sue mega-sucesso "Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band".


18. O álbum "Dark Side of the Moon" é o terceiro mais vendido de todos os tempos e o LP que mais tempo passou no Billboard 200 – durante mais de 800 semanas seguidas. Uma em doze pessoas em todo o mundo possuem este álbum.

19. Apesar do enorme sucesso de "Dark Side of the Moon" else só atingiram o Billboard Hot 100 singles chart uma vez com o single “Another Brick In The Wall Pt. II” que chegou a número um em 1979. 

20. Em 2010, o legado dos Pink Floyd foi celebrado com um selo em Inglaterra. 


Sem comentários:

Enviar um comentário